domingo, 12 de dezembro de 2010

ESPERA DE CHUVA

A terra está sedenta , sedenta de chuva, faz algum tempo que não chove, as nuvens ficam escuras e o vento muda de direção, os agricultores olham para o céu e perguntam-se, a chuva virá? Pois a planta que  há  esta secando e a semente lançada não germinará e não dará o seu fruto . Há muito murmurio, pois confiam apenas na máquina do tempo,(é um deus construído pelo próprio homem). Como os tempos se repetem com os relatos biblicos, a terra teve um período em que a chuva também não caia, porque o homem construia deuses falsos e se afastava do Senhor verdadeiro.
Será que  nos tempos de hoje não existem profetas  capazes de orar, ajoelhar-se e humilhar-se diante do Senhor para que chova  a chuva dos céus sobre a terra e germine a semente?
Será que o coração do homem está endurecido de tal forma que o afasta da presença do criador? Façamos uma reflexão profunda sobre os novos conceitos de vida,pois estamos no tempo das máquinas, altas tecnologias  dominando os lares e igrejas, será que estamos vivenciando a era do profeta Jeremias em que o povo desviou-se dos caminhos do Senhor tornado-se escravo da babilônia no físico e mental. Vamos orar e pedir ao Pai a essência da unidade para enfrentar os tempos de cativeiros e que levante uma geração destemida para enfrentar  a sodoma e gomorra.
Que os agricultores não percam a visão de DEUS e a sua palavra seja vivificada todos os  dias. Ainda é tempo de preperar o campo novo e buscar o Senhor, para que venha e chova justiça sobre a minha e a tua vida.

2 comentários:

  1. Olá só passei para conhecer seu blog e ja estou seguindo Deus abençoe você e sua familia. Abraços fique na paz do Senhor Jesus
    www.blogandodemadrugada.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Passei e encontrei o seu blog, estive a ver e ler algumas coisas, não li muito, porque espero voltar mais algumas vezes, mas deu para ver a sua dedicação e sempre a prendemos ao ler blogs como o seu.
    Se me der a honra de visitar e ler algumas coisas no Peregrino e servo ficarei radiante,
    se desejar fazer parte de meus amigos virtuais, esteja à vontade, irei retribuir.
    Mas por favor não se sinta coagido, siga apenas se desejar. Abraço.
    António.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir